10 Razões para fotografar em RAW

ao contrário do JPG que é um formato com grande compressão e que descarta muita da  informação que o sensor capturou. É indiscutível que a fotografia em RAW tem uma qualidade incomparavelmente melhor que a dos arquivos em JPG e que o RAW é imensamente mais versátil na hora de editar as imagens, conseguindo corrigir problemas sem danificar a imagem. Fotografar com câmeras profissionais ou semi-profissionais em JPG é como ter um Ferrari e conduzi-lo apenas na rua do seu bairro, não tira o máximo proveito da maquina, no caso da fotografia a máxima qualidade. Se estes argumentos não são suficiente para o convencer, então aqui ficam mais 10 argumentos para fotografar em RAW.

1- Maior qualidade

Como já dissemos antes, esta é a principal razão do porque devemos fotografar em RAW, já reparou que todas as câmeras profissionais têm a opção de fotografar em RAW? isso não lhe diz nada?

2- Mais níveis de brilho

Níveis de brilho são o número de passos de preto ao branco na imagem. Quantos mais passos ou níveis tiver, mais suaves são as transições entre os tons. O JPEG registra 256 níveis de brilho e o RAW entre 4.096 a 16.384 níveis! Isto é descrito com o termo " bits " . JPEG captura em 8bit , e RAW  em 12bit ou 14bit . O efeito que isso tem sobre as suas imagens é enorme, esses passos adicionais de brilho permitem que você faça mais ajustes (exposição , pretos , luz de preenchimento , recuperação, contraste, brilho) na sua imagem , sem redução significativa da qualidade , porque existe mais níveis para trabalhar.

3- Facilidade nas correções drásticas

Muitas vezes não conseguimos a exposição correta ao fotografar, principalmente em situações rápidas em que os níveis de luz alteram em poucos segundos, mas não se preocupe, essa correção pode ser feita posteriormente como se fosse feita na câmera no momento de fotografar, ajustando melhor a exposição, recuperando sombras e ajustando melhor a imagem com os dados que o seu RAW guardou.

4- Ajuste fácil de brancos

Quando você fotografa em JPEG o equilíbrio do branco é aplicado à imagem, você não pode facilmente escolher outra opção e o único modo de alterar é manipular as cores no seu programa de edição, resultando quase sempre em deterioramento da imagem. Com RAW os dados de equilíbrio do branco são gravados, e você pode facilmente ajustar sem deteriorar a imagem.

5- Maior detalhe

Com o RAW, você tem acesso ao algoritmo responsável pela nitidez e pelo ruído na imagem, podendo ajustar essas duas componentes importantíssimas da fotografia. Para além disso devemos lembrar que posteriormente você pode re-abrir o arquivo RAW e alterar esses ajustes para outros sem prejuízo da qualidade de imagem.

6- Desfrutar de uma edição sem danificação

Ao fazer ajustes num arquivo RAW, você não está realmente fazendo alguma coisa para os dados originais, mas sim criando uma cópia de uma foto com os dados que você ajustou, o que assegura que se você danificar a imagem por algum motivo, não tem problema, basta abrir novamente o RAW e começar tudo de novo. Não se esqueça que arquivos em JPG perdem qualidade cada vez que abrimos e gravamos, visto que a cada gravação vai haver uma compressão. O modo correto de trabalhar é abrir a foto em RAW, fazer todos os ajustes e tratamentos que sejam necessários e gravar em TIFF o arquivo final, que apesar de não ser versátil como o RAW, é um arquivo sem compressão e que mantém a qualidade máxima da sua foto.

7- Melhores impressões

Devido a um melhor gradiente de cores e tons, você obterá uma melhor impressão nas fotografias em RAW.

8- Seleção do tipo de espaço de cor

Com o RAW você pode selecionar o espaço de cor pretendido na altura de exportar a imagem. Embora o mais utilizado por uma questão de compatibilidade dos navegadores web seja o sRGB, você pode optar por outros modos de cores mais abrangentes, como por exemplo o ProPhoto RGB.

9- Máximo proveito do Lightroom e Aperture

Estes dois programas foram projetados para processar um grande número de arquivos em RAW, ao contrário do Photoshop que foi projetado para lidar com uma imagem de cada vez. Por isso se você usar arquivos em RAW, irá tirar o máximo proveito destes dois programas.

10- Menos tempo na edição, mais tempo fotografando

Todos os fotógrafos profissionais têm o dever de apresentar aos seus clientes o melhor e mais profissional trabalho possível, seja para impressão ou em formato digital. Usar RAW já é um grande começo para essa finalidade, com a segurança que terá menos problemas na edição, com ajustes mais rápidos e com resultados muito melhores, o que reduz o tempo de trabalho e possibilita que você passe mais tempo na captura de imagens únicas e que tenham um final feliz... Qualidade.
 
raw jpg